MAPA quer fazer do Vale do São Francisco um polo de fronteira de irrigação

Sindicato dos Produtores Rurais > Blog > Sem categoria > MAPA quer fazer do Vale do São Francisco um polo de fronteira de irrigação

MAPA quer fazer do Vale do São Francisco um polo de fronteira de irrigação

Transformar o Vale do São Francisco num polo de produção agrícola com as mais modernas práticas de cultivo mundiais, a exemplo do uso adequado da água para irrigação, de produtos biológicos capazes de combater eficazmente pragas e da difusão de novas cultivares BRS produzidas pela Embrapa, a exemplo da uva ‘Vitória’.

Este foi o compromisso feito pelo secretário de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Fernando Camargo, durante reunião no Sindicato dos Produtores Rurais de Petrolina (SPR) na tarde desta quinta-feira (3).

O secretário, que esteve no município na companhia do presidente da Embrapa, Celso Moretti e grande comitiva, incluindo o diretor do AgroNordeste, Danilo Forte, ouviu uma série de demandas do setor produtivo e demonstrou interesse em remover entraves para o sucesso de vendas das frutas do Vale no mercado nacional e internacional.

Lembrando que a visita atendeu a uma orientação da ministra de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina – que esteve na região no último mês de abril – o presidente da Embrapa, Celso Moretti também demonstrou entusiasmo com a articulação e o comprometimento da classe produtora do Vale. “Visitamos projetos de sucesso em áreas irrigadas de Petrolina e Juazeiro e pudemos constatar grandes avanços entre pequenos, médios e grandes produtores, mas ainda temos muitos desafios e o Vale pode contar com o trabalho conjunto de todas as unidades da Embrapa”, garantiu.

O presidente do SPR, Jailson Lira, avaliou positivamente o encontro e enfatizou que a parceria público privada vem ampliando os horizontes do segmento. “Com os compromissos assumidos hoje teremos muito mais avanços e retorno na forma de mais empregos e renda para Petrolina e região”, ressaltou o presidente enquanto entregava um documento com algumas demandas do setor.

O produtor e exportador do grupo Labrunier (com 900 hectares implantados na região), Arnaldo Eijsink, comprometeu-se a colaborar e trazer de várias partes do mundo equipamentos para implantação de campos de experimentação das mais novas tecnologias de produção com o menor consumo de água.

“Além da utilização de produtos biológicos para que as frutas atendam a mercados cada vez mais distantes, como a Ásia, Arábia Saudita e outros países do Ocidente”, concluiu.

O Vice-presidente da Abrafrutas e também produtor rural, Guilherme Coelho, citou alguns ensinamentos do pai e ex-deputado federal, Osvaldo Coelho, para afirmar que qualquer investimento na cadeia produtiva do agronegócio em Petrolina, transforma e triplica por milhões os frutos gerados e as oportunidades para o município, o estado e o país.

AgroNordeste

Ao final da reunião, também entrou na pauta o projeto estratégico AgroNordeste, que foi lançado no final da tarde da última terça (1º) pelo presidente da República Jair Bolsonaro.

O AgroNordeste pretende impulsionar o desenvolvimento econômico, social e sustentável do meio rural e será implantado em 2019 e 2020 em 230 municípios dos nove estados do Nordeste, além de Minas Gerais, divididos em 12 territórios, alcançando uma população rural de 1,7 milhão de pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *